quarta-feira, junho 19, 2019

Simulado Psicologia da Educação

64 Questões de Provas sobre Piaget, Vygost, Wallon e Ausubel
Coletânea de questões de provas sobre psicologia da educação para concursos do cargo de professores. Gabarito ao final.
ITEM 01
Os conceitos de Assimilação e Acomodação foram contribuições de qual teórico?
A) Jean Piaget.
B) Jean Jaques Rousseau.
C) Sigmund Freud.
D) Karl Marx.
E) Adam Smith.
ITEM 02
Quarto estágio da teoria de Piaget do desenvolvimento cognitivo, que ocorre durante a adolescência, que possibilita estabelecer relações e coordenar pontos de vista diferentes (próprios e de outrem ) e de integrá-los de modo lógico e coerente. Outro aspecto importante neste estágio refere-se ao aparecimento da capacidade de interiorizar as ações, ou seja, ela começa a realizar operações mentalmente.
A) Sensório motor
B) Pré-operacional
C) Operações Concretas
D) Operações Formais
ITEM 03
De acordo com Piaget, a criança age sobre os objetos do ambiente para conhecê-los por meio de alguma base de conhecimento que já possua. A esse processo de utilizar um esquema que já existe e aplicá-lo a uma nova situação, Piaget chama de:
A) Equilibração
B) Assimilação
C) Acomodação
D) Esquematização
ITEM 04
Assinale a alternativa INCORRETA em relação aos Estágios de Desenvolvimento Cognitivo propostos por Piaget:
A) No Estágio Operatório Formal as crianças utilizam símbolos para representar a realidade. O egocentrismo está bastante presente e elas possuem uma incapacidade de pensar através das consequências de uma ação e de entender noções de lógica.
B) No Estágio Operatório Concreto a criança apresenta um declínio do egocentrismo, começa a se socializar em grupos, reconhecendo uma liderança.
C) No Estágio Sensório- motor a criança passa do nível neonatal, marcado pelo funcionamento dos reflexos inatos, para outro em que ela já é capaz de uma organização perceptiva e motora dos fenômenos do meio.
D) No Estágio pré-operatório a criança interioriza o meio, sendo capaz agora de representá-lo mentalmente.
ITEM 05
Piaget, embora não tendo sido um educador, contribuiu muito para a discussão de questões relativas ao desenvolvimento do raciocínio do homem. Segundo Piaget, a criança age sobre os objetos do ambiente para conhecê-los por meio de alguma base de conhecimento que já possua. A esse processo de utilizar um esquema que já existe e aplicá-lo a uma nova situação, Piaget chama de:
A) Esquematização
B) Assimilação
C) Acomodação
D) Equilibração
ITEM 06
Compreender a questão da mediação, que caracteriza a relação do homem com o mundo e com os outros homens, é de fundamental importância justamente porque é através desse processo que as funções psicológicas superiores, especialmente humana se desenvolvem. Vygotsky distingue elementos básicos responsáveis por essa mediação:
I. O instrumento que tem a função de regular as ações sobre os objetos.
II. O símbolo que representa a realidade do pensamento humano.
III. O signo que regula as ações sobre o psiquismo das pessoas.
IV. A linguagem que possibilita o intercâmbio social.
A) Somente II e IV estão corretas.
B) Somente I e IV estão corretas.
C) Somente II e III estão corretas.
D) Somente I e III estão corretas.
E) Somente I e II estão corretas.
ITEM 07
Assinale a alternativa INCORRETA em relação às fases do desenvolvimento infantil.
A) É no estágio Operatório -Concreto que a criança inicia a capacidade de representar uma coisa por outra. Forma esquemas simbólicos.
B) Estágio Sensório-Motor de 0 a 2 anos. O desenvolvimento inicial das coordenações e relações de ordem entre ações, início de diferenciação entre o próprio corpo e os objetos.
C) No Estágio Pré-operatório a criança adquire a função simbólica e a linguagem.
D) O Estágio Operatório-Concreto é caracterizado pela reversibilidade de pensamento.
ITEM 08
Piaget criou um campo de investigação que denominou _____________________, isto é, uma teoria do conhecimento centrada no desenvolvimento natural da criança. Segundo ele, o pensamento infantil passa por quatro estágios, desde o nascimento até o início da adolescência, quando a capacidade plena de raciocínio é atingida. A grande contribuição de Piaget foi estudar - _______________________.
De acordo com Jean Piaget, assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas acima.
A) epistemologia genética – o raciocínio lógico matemático
B) período sensório motor – a assimilação e acomodação
C) assimilação e acomodação – os estágios de desenvolvimento
D) período das operações concretas – a epistemologia genética
E) raciocínio lógico-matemático – os estágios de desenvolvimento

ITEM 09
Segundo Piaget, o pensamento infantil passa por quatro estágios, desde o nascimento até o início da adolescência, quando a capacidade plena de raciocínio é atingida. Segundo ele:
A) A criança constrói conhecimento somente na interação com outras crianças.
B) O aprendizado da criança não está relacionado com a interação da criança com o meio.
C) O ensino só se efetiva mediante a avaliação.
D) A criança constrói o conhecimento a partir de suas descobertas quando em contato com o mundo e com os objetos.
E) O processo de ensino/aprendizagem deve ser um processo rigoroso, centrado no professor.
ITEM 10
O modelo piagetiano de desenvolvimento cognitivo aponta que o adolescente é capaz de formar esquemas conceituais abstratos dos 12 anos em diante. Trata-se do período
A) pré-operacional.
B) das operações formais.
C) das operações concretas.
D) sensório-motor.
E) epistemofílico.
ITEM 11
No modelo piagetiano de desenvolvimento cognitivo, a criança em idade escolar entre 7 a 12 anos apresenta um declínio do egocentrismo intelectual e um crescente incremento do pensamento lógico, encontrando-se no período
A) das operações formais.
B) sensorio motor.
C) pré-operacional.
D) das operações concretas.
E) das operações informais.
ITEM 12
A criança deste estágio é “egocêntrica, centrada em si mesma, e não consegue se colocar, abstratamente, no lugar do outro. Não aceita a ideia do acaso e tudo deve ter uma explicação.” O texto apresentado corresponde a características de qual fase do desenvolvimento da teoria de Piaget?
A) Sensório motor.
B) Operatório concreto.
C) Operatório formal.
D) Pré-operatório.
E) Não corresponde a teoria de Piaget.
ITEM 13
De acordo com a concepção piagetiana, o pensamento da criança que se encontra no período pré-operacional caracteriza-se por ser
A) real.
B) fantasioso.
C) simbólico.
D) lógico.
E) egocêntrico.
ITEM 14
O modelo piagetiano do desenvolvimento humano propõe períodos que são caracterizados pelo aparecimento de novas qualidades do pensamento, interferindo no desenvolvimento global. O período de operações concretas se dá dos
A) 9 aos 14 anos, com o desenvolvimento de um egocentrismo intelectual e social.
B) 7 aos 11 ou 12 anos com o início da construção lógica, ou seja, a capacidade da criança estabelecer relações que permitam a coordenação de pontos de vista diferentes.
C) 6 aos 10 anos, quando deixa de ter dificuldade para realizar as operações no plano das ideias sem necessitar de manipulação ou referências concretas.
D) 10 aos 14 anos, quando é capaz de abstrair e generalizar, criando teorias sobre o mundo, principalmente sobre aspectos que gostaria de modificar.  e) 4 aos 7 anos, com o aparecimento da linguagem, incrementando a comunicação e a interação com os demais.
ITEM 15
 Jean Piaget afirma que o desenvolvimento de operações mentais marca o início do período operacional concreto. Dentre as operações que as crianças passam a dominar nesse período, destaca-se o(a)
A) centração.
B) permanência de objeto
C) egocentrismo.
D) animismo.
E) reversibilidade.
ITEM 16
Analise o texto abaixo:
Os estudos epistemológicos de________ demonstravam que tanto as ações externas, quanto os processos de pensamento implicam uma organização lógica. Ele buscava conjugar duas variáveis - o lógico e o biológico – numa única teoria e, com isso, apresentar uma solução ao problema do conhecimento humano.
Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna do texto.
A) Wallon
B) Vigotski
C) Paulo Freire
D) Davidov
E) Piaget
ITEM 17
Quarto estágio da teoria de Piaget do desenvolvimento cognitivo, que ocorre durante a adolescência, que possibilita estabelecer relações e coordenar pontos de vista diferentes (próprios e de outrem ) e de integrá-los de modo lógico e coerente. Outro aspecto importante neste estágio refere-se ao aparecimento da capacidade de interiorizar as ações, ou seja, ela começa a realizar operações mentalmente.
A) Sensório motor
B) Pré-operacional
C) Operações Concretas
D) Operações Formais
ITEM 18
De acordo com Piaget, a criança age sobre os objetos do ambiente para conhecê-los por meio de alguma base de conhecimento que já possua. A esse processo de utilizar um esquema que já existe e aplicá-lo a uma nova situação, Piaget chama de:
A) Equilibração
B) Assimilação
C) Acomodação
D) Esquematização
ITEM 19
Assinale a alternativa INCORRETA em relação aos Estágios de Desenvolvimento Cognitivo propostos por Piaget:
A) No Estágio Operatório Formal as crianças utilizam símbolos para representar a realidade. O egocentrismo está bastante presente e elas possuem uma incapacidade de pensar através das consequências de uma ação e de entender noções de lógica.
B) No Estágio Operatório Concreto a criança apresenta um declínio do egocentrismo, começa a se socializar em grupos, reconhecendo uma liderança.
C) No Estágio Sensório- motor a criança passa do nível neonatal, marcado pelo funcionamento dos reflexos inatos, para outro em que ela já é capaz de uma organização perceptiva e motora dos fenômenos do meio.
D) No Estágio pré-operatório a criança interioriza o meio, sendo capaz agora de representá-lo mentalmente.
ITEM 20
Piaget, embora não tendo sido um educador, contribuiu muito para a discussão de questões relativas ao desenvolvimento do raciocínio do homem. Segundo Piaget, a criança age sobre os objetos do ambiente para conhecê-los por meio de alguma base de conhecimento que já possua. A esse processo de utilizar um esquema que já existe e aplicá-lo a uma nova situação, Piaget chama de:
A) Esquematização
B) Assimilação
C) Acomodação
D) Equilibração
ITEM 21
Assinale a alternativa INCORRETA em relação às fases do desenvolvimento infantil.
A) É no estágio Operatório -Concreto que a criança inicia a capacidade de representar uma coisa por outra. Forma esquemas simbólicos.
B) Estágio Sensório-Motor de 0 a 2 anos. O desenvolvimento inicial das coordenações e relações de ordem entre ações, início de diferenciação entre o próprio corpo e os objetos.
C) No Estágio Pré-operatório a criança adquire a função simbólica e a linguagem.
D) O Estágio Operatório-Concreto é caracterizado pela reversibilidade de pensamento.
ITEM 22
Na perspectiva interacionista de Piaget sobre o desenvolvimento cognitivo, a inteligência é:
A) Uma estrutura somente cerebral, tendo assim a função de realizar adaptações neurológicas durante a infância.
B) Uma estrutura biológica, e assim como as outras, tem a função de realizar adaptações do organismo.
C) Uma estrutura emocional, tendo assim a função de realizar adaptações de caráter e personalidade durante a infância e a adolescência.
D) Uma intervenção sociocultural, tendo assim a função de realizar adaptações com o meio e o objeto, somente se realizado de maneira independente.
ITEM 23
Segundo Piaget, o pensamento infantil passa por quatro estágios, desde o nascimento até o início da adolescência, quando a capacidade plena de raciocínio é atingida. Segundo ele:
A) A criança constrói conhecimento somente na interação com outras crianças.
B) O aprendizado da criança não está relacionado com a interação da criança com o meio.
C) O ensino só se efetiva mediante a avaliação.
D) A criança constrói o conhecimento a partir de suas descobertas quando em contato com o mundo e com os objetos.
E) O processo de ensino/aprendizagem deve ser um processo rigoroso, centrado no professor.
ITEM 24
Piaget criou um campo de investigação que denominou _____________________, isto é, uma teoria do conhecimento centrada no desenvolvimento natural da criança. Segundo ele, o pensamento infantil passa por quatro estágios, desde o nascimento até o início da adolescência, quando a capacidade plena de raciocínio é atingida. A grande contribuição de Piaget foi estudar - _______________________.
De acordo com Jean Piaget, assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas acima.
A) epistemologia genética – o raciocínio lógico matemático
B) período sensório motor – a assimilação e acomodação
C) assimilação e acomodação – os estágios de desenvolvimento
D) período das operações concretas – a epistemologia genética
E) raciocínio lógico-matemático – os estágios de desenvolvimento
ITEM 25
Segundo Piaget no desenvolvimento de seus estudos psicogenéticos , assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna abaixo. Quando oferecemos a uma criança uma pequena bola de couro de cor preta com aproximadamente 50 gramas. Essa criança ao pegar esse objeto mobiliza o recurso da_______________, pois já utilizou anteriormente esse esquema de pegar outros objetos redondos, leves e com determinada cor.
A) Assimilação.
B) Equilibração.
C) Esquema.
D) Acomodação.
ITEM 26
Assinale a alternativa INCORRETA em relação às fases do desenvolvimento infantil.
A) É no estágio Operatório -Concreto que a criança inicia a capacidade de representar uma coisa por outra. Forma esquemas simbólicos.
B) Estágio Sensório-Motor de 0 a 2 anos. O desenvolvimento inicial das coordenações e relações de ordem entre ações, início de diferenciação entre o próprio corpo e os objetos.
C) No Estágio Pré-operatório a criança adquire a função simbólica e a linguagem.
D) O Estágio Operatório-Concreto é caracterizado pela reversibilidade de pensamento.

ITEM 27
A distância entre o que a criança já se sabe e o que se pode saber com alguma assistência é denominada por Vygotsky de:
A) Zona de desenvolvimento real.
B) Zona de desenvolvimento potencial.
C) Zona de desenvolvimento exponencial.
D) Zona de desenvolvimento proximal.
ITEM 28
De acordo com os estudos do pensador Lev Vygotsky, existem três momentos importantes da aprendizagem da criança. Quais são estes momentos, entre os indicados abaixo?
I – A zona de desenvolvimento longitudinal, que é tudo que a criança ainda não domina com habilidade.
II – A zona de desenvolvimento potencial, que é tudo que a criança ainda não domina, mas que se espera que ela seja capaz de realizar.
III – A zona de desenvolvimento proximal, que é tudo que a criança somente realiza com o apoio de outras pessoas.
IV – A zona de desenvolvimento real, que é tudo que a criança já é capaz de realizar sozinha.
A) Apenas I, II e III.
B) Apenas I, II e IV.
C) Apenas I, III e IV.
D) Apenas II, III e IV
ITEM 29
Dentre as teorias abaixo, marque a opção que corresponde à teoria de aprendizagem segundo Lev Vygotsky.
A) A aprendizagem é uma experiência social, a qual é mediada pela interação entre a linguagem e a ação.
B) A criança responde às impressões que as coisas lhe causam com gestos dirigidos a elas.
C) Equilibração é o processo da passagem de uma situação de menor equilíbrio para uma de maior equilíbrio.
D) Os comportamentos são obtidos punindo o comportamento não desejado e reforçando ou incentivando o comportamento desejado com um estímulo, repetido até que ele se torne automático.
ITEM 30
“Vygotsky deu início a uma discussão inteiramente nova não só em relação à aprendizagem, mas também no que se refere ao desenvolvimento e às funções do ensino”. Assinale a alternativa INCORRETA:
A) Vygotsky defende que não existe um único nível de desenvolvimento, mas sim dois: o nível de desenvolvimento potencial e a zona de desenvolvimento proximal.
B) Vygotsky estabeleceu as bases para uma nova compreensão da relação entre o sujeito psicológico e o contexto histórico, que resgata o sentido subjetivo e pessoal do homem.
C) Vygotsky considerava que os processos psicológicos inferiores e superiores humanos constituem-se em atividades mediadas pela linguagem, estruturadas em sistemas funcionais, dinâmicos e historicamente imutáveis.
D) Vygotsky não nega a existência de uma relação entre determinado nível de desenvolvimento e capacidade potencial de aprendizagem dos alunos, o que significa obviamente que a aprendizagem deve se dar de forma coerente com o nível de desenvolvimento do aluno.
ITEM 31
“O nível de desenvolvimento de uma criança é caracterizado por aquilo que ela consegue fazer com a ajuda de outras pessoas”. O pensamento acima citado corresponde a ideia de:
A) Vygotsky
B) Wallon
C) Freud
D) Armandinho
E) Sarah Brightman
ITEM 32
Conforme o autor Vygotsky, a vida social e a constante comunicação entre adultos e crianças despertam e intensificam o pensamento; isso permite ______ de experiências de geração em geração, por muitas gerações. Assinale a alternativa que corresponde ao espaço em branco de forma CORRETA:
A) Mediação
B) Assimilação
C) Experiência
D) Função
E) Transferência
ITEM 33
Para este grande pensador o desenvolvimento intelectual das crianças ocorre em função das interações sociais e condições de vida. Trabalhou, com a noção de que a relação do homem com o mundo não é uma relação direta, mas, fundamentalmente, uma relação mediada. O texto refere-se a:
A) Jean Piaget
B) Lev Vygotsky
C) Emília Ferreiro
D) Paulo Freire
ITEM 34
Normalmente, quando nos referimos ao desenvolvimento de uma pessoa, o que buscamos compreender é até onde ela já chegou, em termos de um percurso que, supomos, será percorrido por ela.
Segundo Vygotsky, para compreender adequadamente o desenvolvimento humano devemos
A) considerar não apenas o nível de desenvolvimento real, mas também seu nível de desenvolvimento potencial.
B) diagnosticar o condicionamento operante das pessoas, durante seu processo de aprendizagem.
C) procurar conhecer a capacidade intelectual da pessoa, identificando em que nível de aprendizagem ela se encontra.
D) pesquisar o potencial de aprendizagem da pessoa, pois não são todos os indivíduos que podem realizar as atividades propostas para a sua idade.
E) perceber que o conhecimento é construído a partir da interação do sujeito com seu meio, ou seja, a partir de estruturas existentes.
ITEM 35
A Internet evidencia a noção Vygotskyana de interação entre pessoas com diferentes níveis de experiência - usuários que pertencem a diferentes contextos culturais, mas com interesses comuns - a uma cultura tecnológica.
RESENDE, Regina Lúcia Sartorio Marinato de. Fundamentos Teórico-Pedagógicos para EAD. 2005. Disponível em: < http://www.abed.org.br/congresso2005/por/pdf/055tcb5pdf>. Acesso em: 9 nov. 2013
A partir da afirmação acima, é possível relacionar a teoria de Vygotsky às condições de interação que a Educação a Distância proporciona.
Tal interação é identificada a partir de
A) uso ostensivo de ferramentas tecnológicas.
B) trabalhos colaborativos em rede, execução de projetos de pesquisa e participação em fóruns de debate.
C) relação distanciada com o outro para a aquisição e desenvolvimento da linguagem.
D) linguagem local utilizada pelos internautas.
E) processos através dos quais poderiam ser ignoradas as zonas virtuais de desenvolvimento proximal.
ITEM 36
Para Vygotsky, “é muito mais importante ensinar a criança a pensar do que comunicar a ela determinados conhecimentos”. Na escola, a criança deveria aprender a transformar uma capacidade “em si” em uma capacidade “para si”, cabendo ao professor criar as condições para que os processos cognitivos se desenvolvam, “mas sem implantá–los diretamente na criança”. Diante do exposto, é correto afirmar que
A) o que a criança é capaz de fazer hoje em cooperação, será capaz de fazer sozinha amanhã. Portanto, o único tipo positivo de aprendizado é aquele que caminha à frente do desenvolvimento, servindo–lhe de guia; deve voltar–se não tanto para as funções já maduras, mas principalmente para as funções em amadurecimento. O aprendizado deve ser orientado para o futuro e não para o passado.
B) a educação deve ser planejada passo a passo, de modo a obter os resultados desejados na modelagem do aluno. O ideal é que haja reforço para a aprendizagem: positivo (recompensa) ou negativo (ação que evita uma consequência indesejada).
C) a prática escolar deve imitar os processos da natureza. Nas relações entre professor e aluno, devem ser consideradas as possibilidades e os interesses da criança. A organização do tempo e do currículo leva em conta os limites do corpo e a necessidade, tanto dos alunos quanto dos professores, de ter outras atividades.
D) a educação livresca, do livro didático, propiciada pela cultura tipográfica e pela imprensa é transformada em instrução, possibilitando o cancelamento das particularidades e subjetividades em proveito da homogeneidade, da uniformidade e da abstração.
E) a tecnologia impressa dá ao homem a primeira máquina de ensinar, o livro. Também, hoje, há guias e manuais de ensino que prescrevem como deve ser a condução do trabalho educacional. Aprender significa aceitar e fixar na memória ou no hábito um fato ou uma habilidade. Ensinar é uma doutrinação daquele fato ou conceito.
ITEM 37
Feuerstein defende uma função da avaliação, baseando-se nas ideias de Vygotsky sobre a Zona Proximal de Desenvolvimento, que coloca em evidência funções cognitivas que permitem verificar o potencial de uma pessoa para aprender. Ele denomina essa função de avaliação
a) diagnóstica.
b) dinâmica.
c) energizante.
d) formativa.
e) somativa.
ITEM 38
A sala de aula é um espaço privilegiado de negociações e de produção de novos sentidos e significados a respeito, principalmente, dos diferentes conceitos escolares. Isso acontece em uma rede interativa complexa. Para Vygotsky, educar é nutrir possibilidades relacionais. Nessa perspectiva, compete ao professor
A) o papel de jardineiro. Fertiliza–se o solo, semeia–se, mantém–se o solo úmido, protege–se o broto de pragas e ervas daninhas para que possa crescer saudável e mostrar seus frutos. Não se interfere na planta. É necessário apenas protegê–la das adversidades para que possa desenvolver em plenitude suas potencialidades naturais. Nada deve limitar a semente.
B) o papel de escultor. A partir da pedra bruta, delinear e moldar formas reconhecíveis, estritamente conforme o plano gestado na imaginação do escultor. É claro que o material de que é feita a pedra bruta impõe algumas condições de limites para a ação do escultor. Limites estes, contudo, muito mais circunscritos aos instrumentos a utilizar que propriamente ao que se pretende esculpir. O que importa, pois, é o que foi planejado; o projeto que dirige e justifica todas as ações e os meios a serem empregados. Nada mais há que deva impor restrições ao plano do escultor.
C) garantir o pleno exercício do sujeito e não estabelecer um ideal comum que limite suas diferenças pessoais. Não é possível exercer uma influência direta e produzir mudanças em um organismo alheio, sendo possível apenas educar a si mesmo, isto é, modificar as reações inatas através da própria experiência.
D) garantir a liberdade de cátedra, pois, assim, pode moldar cada aluno à sua própria imagem. O professor desempenha um papel ativo no processo de educação: modela, corta, divide e entalha os elementos do meio para que estes realizem o objetivo buscado.
E) planejar e criar as intervenções que possibilitem a emergência das potencialidades do aluno. O ensino é, fundamentalmente, diálogo; o importante, para o professor, não é falar do ou sobre o aluno, mas com o aluno. Nem o aluno, nem o professor são os mesmos após o diálogo.
ITEM 39
O psicólogo russo Lev Vygotsky foi um dos grandes autores do desenvolvimento. Considerando a teoria deste autor, julgue as alternativas com verdadeiras (V ou falsas (F .
( ) Para Vygotsky, as habilidades necessárias para raciocinar, compreender e memorizar tem origem na vivência da criança com os pais, professores e colegas.
( )Vygotsky entendia que o desenvolvimento humano se dava em três níveis: cultural, interpessoal e individual.
( ) Para o autor é apenas por meio da interação social que as crianças podem vivenciar e internalizar as ferramentas culturais.
Assinale a alternativa que apresenta a resposta correta:
A) V, F, V.
B) V, V, F.
C) F, V, F.
D) F, F, F.
E) V, V, V.
ITEM 40
Sobre o pensamento de Vygotsky, considere as afirmações abaixo.
I. Para Vygotsky, a linguagem deve ser muito valorizada no processo educacional, pois ela realiza a mediação entre o homem e a realidade.
II. O pensamento de Vygotsky é dissociado das relações sociais, pois sua preocupação é focada no aprendizado escolar.
III. Vygotsky atribuía importante papel às relações interpessoais no processo de aprendizagem. Está correto o que se afirma somente em
A) I e II
B) I e III
C) II e III
D) I
E) III
ITEM 41
O conceito de “zona de desenvolvimento proximal”, elaborado por Lev Vygotsky, refere-se à distância entre
A) os saberes que o aprendiz possui, tanto “corretos” quanto “equivocados”, evidenciando a proximidade entre o saber consolidado e o saber erroneamente adquirido e que necessita de correção.
B) o que um aluno já aprendeu em seu desenvolvimento comparativamente a um colega mais ou menos “competente”, evidenciando ao educador a proximidade entre os saberes dos diversos alunos.
C) o que o aprendiz não sabe e aquilo que se pretende ensinar (meta de aprendizagem) pela mediação de outros mais “competentes” em relação a tal conhecimento, sejam eles adultos ou colegas.
D) o que já se encontra consolidado no desenvolvimento da criança e os desempenhos possíveis ou as capacidades que ela costuma apresentar quando interage com pessoas mais experientes.
ITEM 42
A zona de desenvolvimento proximal, na concepção de Vigotsky, é, fundamentalmente,
A) a compreensão de que, ao longo do desenvolvimento, muda o papel dos significados culturalmente estabelecidos.
B) a intervenção da escolarização na aprendizagem e nos processos de desenvolvimento, com impacto sobre o desempenho escolar.
C) um objetivo dos agrupamentos humanos, central para viver o processo de humanização e a constituição do cultural.
D) o resultado do papel atribuído à atuação do biológico no social, como resultado da mediação social entre cultura e indivíduos.
E) o espaço psicológico próprio da mudança, criado na interação recíproca de processos de aprendizagem e desenvolvimento.
ITEM 43
Martha Kohl, em Castorina, J. A. (2003), refletindo sobre as contribuições de Vygotsky para a educação e o ensino escolar, analisa a intervenção do outro social. De acordo com Vygotsky, pode-se entender essa intervenção como
A) o processo de internalização do material cultural que molda o indivíduo, definindo limites e possibilidades de sua construção pessoal.
B) a construção e a elaboração por parte do indivíduo dos significados que lhe são trazidos pelo grupo cultural.
C) uma postura diretiva e autoritária do sujeito que intervém, implicando uma volta à educação tradicional.
D) o processo de internalização que se constitui de ações controladas a partir das situações de intersubjetividade.
E) cada situação de interação com o mundo social, em que o indivíduo traz consigo determinadas possibilidades de interpretação e ressignificação do material cultural.
ITEM 44
Lev Semyonovitch Vygotsky foi um psicólogo que estudou o desenvolvimento humano do ponto de vista interacionista. Sobre o desenvolvimento humano na teoria de Vygotsky é CORRETO afirmar:
A) A estrutura fisiológica humana (aquilo que é inato) aparece na teoria de Vygotsky para justificar a relação entre homem e meio, uma vez que na sua teoria os fatores biológicos tem preponderância sobre os sociais durante a vida do indivíduo.
B) A principal evidência do desenvolvimento do indivíduo é o fechamento do ciclo de maturação biológica, momento em que o desenvolvimento social tem início.
C) O comportamento da criança está intimamente ligado com a cultura de seu meio. Assim, mesmo que o meio influencie um determinado comportamento, os instintos do indivíduo sempre serão mais fortes.
D) O desenvolvimento do sujeito humano se dá a partir das constantes interações com o meio social em que vive, já que as formas psicológicas mais sofisticadas emergem da vida social.
E) Dentro do desenvolvimento da aprendizagem é possível reconhecer nessa teoria dois momentos sendo: o Nível de Desenvolvimento Pré-Operatório e o Nível de Desenvolvimento Operatório.
ITEM 45
Acerca dos principais princípios do construtivismo analise as alternativas e assinale a resposta incorreta:
A) O centro do processo de aprendizagem é o aluno.
B) O professor não é um mero transmissor de informações.
C) Os níveis de amadurecimento, desenvolvimento e conhecimento de cada aluno deve ser respeitado e levado em consideração no processo de aprendizagem.
D) O ensino é realizado e percebido como um processo estático, como ocorre nos métodos pedagógicos tradicionais.
E) O conhecimento não é entendido como uma versão exata da realidade, mas sim uma reconstrução daquele que está aprendendo.
ITEM 46
Na psicogenética de Henri Walon, a dimensão afetiva ocupa lugar central, tanto do ponto de vista da construção da pessoa quanto do conhecimento. Ambos se iniciam num período que se estende ao longo do primeiro ano de vida e que o autor denomina de
A) cognitivo-emocional.
B) afetivo-compulsivo.
C) impulsivo-cognitivo.
D) impulsivo-emocional.
E) afetivo-cognitivo.
ITEM 47
De acordo com Heloysa Dantas in La Taille (1992), a afetividade não é apenas uma das dimensões da pessoa, ela prepondera em uma fase do desenvolvimento. Para Wallon, em qual momento do desenvolvimento humano a afetividade prevalece em relação à razão?
A) Na fase adulta, quando a pessoa necessita usar a afetividade para tomar decisões sobre seu futuro e suas relações.
B) No seu momento inicial, logo que o indivíduo sai da vida puramente orgânica, e que suas ações são puramente emocionais.
C) No início da adolescência, quando o sujeito utiliza a afetividade como instrumento para lidar com as diferenças.
D) Na etapa em que, já idoso, o indivíduo passa a usar mais afetividade recordando fatos do assado.
E) Na fase final da infância, quando a criança usa da afetividade para conseguir atenção de pais e professores.
ITEM 48
Segundo La Taille, Oliveira e Dantas (1992):
·                    para Wallon, “a consciência afetiva é a forma pela qual o psiquismo emerge da vida orgânica: corresponde à sua primeira manifestação. Pelo vínculo imediato que instaura com o ambiente social, ela garante o acesso ao universo simbólico da cultura, elaborado e acumulado pelos homens ao longo da sua história”;
·                    a partir da diferenciação entre afetividade e inteligência, “a história da construção da pessoa será constituída por uma sucessão pendular de momentos dominantemente afetivos ou dominantemente Cognitivos, não paralelos, mas integrados”.
Segundo Fiorin (2006), para Bakhtin, “a subjetividade é constituída pelo conjunto de relações sociais de que participa o sujeito. (...) O princípio geral do agir é que o sujeito age em relação aos outros; o indivíduo se constitui em relação ao outro”.
Graças a estudos, como os mencionados acima, podemos entender o desenvolvimento humano como
A) resultado, sempre provisório, das relações afetivas que se originam na primeira infância e que tendem a desaparecer com o surgimento do juízo moral.
B)  maturidade emocional produzida pelo desenvolvimento da inteligência em situações de conflito nas relações interpessoais.
C)  capacidade de estabelecer relações lógico-formais, desenvolvida pelas relações afetivas na primeira infância e pela escola a partir dos seis, sete anos.
D) síntese das relações sociais na família, na escola e nos contextos sociais mais amplos do trabalho e da participação política.
E)  síntese das relações entre cognição e afeto, no contexto das relações dos indivíduos entre si e o seu meio físico, social e cultural.
ITEM 49
Em uma reunião pedagógica, os docentes da Escola Governador  Sebastião  Mendonça” discutiam algumas atividades desenvolvidas por alunos do 5.º ano do ensino fundamental. No calor da discussão, a professora Teresa Cristina teceu críticas a Piaget, dizendo que este pensador, embora de valor, desprezara o papel dos fatores sociais no desenvolvimento humano. Pedro Paulo, um dos colegas que lera a obra Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão (La Taille; Dantas; Oliveira, 1992), aparteou-a e disse-lhe que, segundo a obra lida:
A) Piaget costuma ser criticado por “desprezar” o papel dos  fatores  sociais  no  desenvolvimento humano. Nada mais injusto, pois tal desprezo nunca existiu. O  máximo  que  se  pode  dizer  é  que  Piaget não se deteve longamente sobre a questão, tendo apenas situado as influências e determinações da interação social sobre o desenvolvimento da inteligência.
B)  La  Taille  afirma  que  Piaget  em  nenhum  momento omitiu  de  sua  teoria  os  fatores  sociais,  muito pelo contrário, eles estão presentes em toda a sua obra, pois  ele  acreditava  que  todas  as  relações sociais são sempre favorecedoras do desenvolvimento. Jean Piaget não somente era adepto como também defendia esse otimismo social.
C)  para  Piaget,  o  homem  não  é  social  da  mesma  maneira aos seis meses ou aos vinte anos de idade. A socialização efetiva da inteligência só tem início por volta dos doze anos, quando a criança está no estágio operatório formal. Nos estágios anteriores, a inteligência é essencialmente individual, não há socialização.
D)  na teoria piagetiana, a cooperação é o tipo de relação interindividual que representa o mais baixo nível de socialização; é ela a responsável pelo desenvolvimento  infantil.  A  cooperação  necessária  a  esse desenvolvimento  tem  seu  início nas relações entre crianças pequenas, daí a importância de se promoverem brincadeiras em grupo.
E)  para  La  Taille,  o  postulado  de  Wallon  de  que  o homem  é  “geneticamente  social”  (impossível de ser pensado fora do contexto da sociedade), não é válido para a teoria de Piaget, pois para este, desde o nascimento, o desenvolvimento intelectual resulta, exclusivamente,  da  interação  entre o sujeito e os objetos materiais com os quais convive.

AUSEBEL
ITEM 50
Ausubel assinala que a característica essencial da aprendizagem por descoberta, seja na forma de conceitos ou soluções de problemas exige que:
a) o conteúdo principal deva fornecer o agrupamento de informações para que possa ser integrado pelos alunos à sua estrutura cognitiva;
b) o conteúdo deva ser trazido ao aluno, na proposição de estímulos para provocar uma resposta padrão esperada e possa ser percebido no comportamento manifesto;
c) o professor seja o manipulador da informação, cabendo-lhe treinar o aluno para eliciar um comportamento significativo;
d) o aluno trabalhe sozinho sem a atuação do professor, bastando que responda a uma instrução programada pré- construída;
e) a solução de problemas seja uma atividade que exija do aluno o movimento de hipotetizar sobre os dados e, portanto, não se aplica a qualquer série ou ano escolar.
ITEM 51
Para Ausubel, o termo estrutura cognitiva tem o significado de uma estrutura hierárquica de conceitos.
Da mesma forma que em Piaget, Ausubel trabalha com o conceito de Organização de certas entidades. No entanto, enquanto estas entidades em Piaget eram os Esquemas (que englobam conceitos mais operações) em Ausubel estas entidades são apenas os conceitos. Poderíamos dizer que enquanto em Piaget os elementos que compõem a estrutura cognitiva incorporam o aspecto dinâmico em Ausubel estes elementos têm um aspecto estático. Dessa forma, há alguns pontos importantes da Teoria de Aprendizagem segundo Ausubel, exceto:
A) A aprendizagem é um processo que envolve a interação da nova informação abordada com a estrutura cognitiva do aluno tornando-se o principal agente construtor de sua aprendizagem.
B) A aprendizagem ocorre quando a nova informação ancora-se em conceitos ou proposições relevantes, preexistentes na estrutura cognitiva do aprendiz, ou seja, quando este aluno encontra significado no que ouve. Esses pontos de ancoragem, ou subsunçores de aprendizagem, é que irão relacionar o novo com o que o aluno já sabe.
C) A definição de conteúdo deve ser feita por meio de uma série hierárquica, a partir de uma avaliação do que o aluno previamente já sabe.
D) As “Pontes Cognitivas” são elos entre o que o aprendiz já sabe e o que ele deve aprender.
E) O ponto central de sua teoria é o termo “Sunçor”, que pode ser entendido como o ponto cognitivo do aluno que dará sentido a um novo conhecimento.
ITEM 52
 “Eles não estudam, mas por causa da globalização, são muito bem informados, sabem todos os direitos que têm.”
“A Escola não está oferecendo o que eles precisam, desejam; o mundo deles é outro, é o da internet; isso aqui não interessa!” (Geração Videoclipe. Miriam Leite, 2009)
As falas transcritas acima, de duas professoras de escola pública estadual, denotam que
 A) a escola oferece ao jovem conhecimentos necessários à sua formação, mas que este não os aproveita.
B) as professoras condenam o uso da internet por parte da juventude.
C) há uma crítica à escola atual na sua relação com o conhecimento e a educação oferecida aos jovens.
 D) a utilização das redes sociais bitola a juventude em relação ao conhecimento de seus direitos.
 E) todos os jovens utilizam a internet e por essa razão, repudiam os conhecimentos oferecidos pela escola.
ITEM 53
A relação entre professor e aluno, numa perspectiva interacionista, considera que:
(A) O papel do professor é o de criar situações, provocar desequilíbrios, fazer desafios, propiciando condições em que possam se estabelecer reciprocidade intelectual e cooperação, ao mesmo tempo, moral e racional.
(B) Compete ao aluno o controle do processo de aprendizagem.
(C) Cabe ao professor a responsabilidade de planejar e desenvolver o sistema de aprendizagem.
(D) É uma relação vertical em que o professor detém o poder decisório quanto à metodologia, conteúdo e avaliação.
ITEM 54
Sobre a avaliação numa perspectiva sociointeracionista NÃO podemos afirmar que:
(A) Tem como foco fornecer informações acerca das ações de aprendizagem e, portanto, não pode ser realizada apenas ao final do processo, sob pena de perder seu propósito.
(B) É um processo em que realizar provas e testes, atribuir notas ou conceitos é apenas parte do todo.
(C) Refere-se à reflexão sobre as informações obtidas com vistas a planejar o futuro.
(D) A avaliação escolar deve ser entendida como sinônimo de medida, de atribuição de um valor em forma de nota ou conceito.
ITEM 55
A concepção de escola numa perspectiva sóciocultural é a de ser:
(A) Uma agência educacional e visa adotar formas de controle, de acordo com os comportamentos que pretende instalar e manter.
(B) Uma instituição que existe num contexto histórico de uma dada sociedade.
(C) Restringe-se a um processo de transmissão de informações.
(D) Faz parte da vida, contudo não é vida
ITEM 56
Qual, dentre as várias teorias que versam a respeito do processo de aprendizagem, defende a ideia de que o sujeito aprende na relação com outros sujeitos mais experientes?
A. Estruturalista
B. Histórico Cultural
C. Ambientalística
D. Contemporânea
ITEM 57
Na perspectiva interacionista de Piaget sobre o desenvolvimento cognitivo, a inteligência é:
A) Uma estrutura somente cerebral, tendo assim a função de realizar adaptações neurológicas durante a infância.
B) Uma estrutura biológica, e assim como as outras, tem a função de realizar adaptações do organismo.
C) Uma estrutura emocional, tendo assim a função de realizar adaptações de caráter e personalidade durante a infância e a adolescência.
D) Uma intervenção sociocultural, tendo assim a função de realizar adaptações com o meio e o objeto, somente se realizado de maneira independente.
ITEM 58
Acerca dos principais princípios do construtivismo analise as alternativas e assinale a resposta incorreta:
A) O centro do processo de aprendizagem é o aluno.
B) O professor não é um mero transmissor de informações.
C) Os níveis de amadurecimento, desenvolvimento e conhecimento de cada aluno deve ser respeitado e levado em consideração no processo de aprendizagem.
D) O ensino é realizado e percebido como um processo estático, como ocorre nos métodos pedagógicos tradicionais.
E) O conhecimento não é entendido como uma versão exata da realidade, mas sim uma reconstrução daquele que está aprendendo.
ITEM 59
Teóricos como Piaget e Vygotsky evidenciaram que a criança se desenvolve na interação com o meio histórico-cultural em que vive. Considerando essa informação e tendo em vista que a criança precisa do outro, da natureza e da inter-relação possível entre esses elementos, julgue o próximo item.
A criança exige cuidados e atendimento específicos; por isso, é necessária uma conduta que a mantenha sempre limpa e em contato com objetos de conhecimento escolarizados. Sua exposição demasiada a elementos não estruturados ou à natureza — barro, areia, água, árvore, jardins — assim como a liberdade em excesso podem não resultar em aprendizagem.
(   ) Certo             (   ) Errado
ITEM 60
Teóricos como Piaget e Vygotsky evidenciaram que a criança se desenvolve na interação com o meio histórico-cultural em que vive. Considerando essa informação e tendo em vista que a criança precisa do outro, da natureza e da inter-relação possível entre esses elementos, julgue o próximo item.
Logo ao nascer, no âmbito familiar, a brincadeira já se inicia como uma atividade infantil.
(   ) Certo             (   ) Errado
ITEM 61
A relação entre professor e aluno, numa perspectiva interacionista, considera que:
A) O papel do professor é o de criar situações, provocar desequilíbrios, fazer desafios, propiciando condições em que possam se estabelecer reciprocidade intelectual e cooperação, ao mesmo tempo, moral e racional.
B) Compete ao aluno o controle do processo de aprendizagem.
C) Cabe ao professor a responsabilidade de planejar e desenvolver o sistema de aprendizagem.
D) É uma relação vertical em que o professor detém o poder decisório quanto à metodologia, conteúdo e avaliação.
ITEM 62
Sobre a avaliação numa perspectiva sociointeracionista NÃO podemos afirmar que:
A) Tem como foco fornecer informações acerca das ações de aprendizagem e, portanto, não pode ser realizada apenas ao final do processo, sob pena de perder seu propósito.
B) É um processo em que realizar provas e testes, atribuir notas ou conceitos é apenas parte do todo.
C) Refere-se à reflexão sobre as informações obtidas com vistas a planejar o futuro.
D) A avaliação escolar deve ser entendida como sinônimo de medida, de atribuição de um valor em forma de nota ou conceito.
ITEM 63
O principal fundamento da Gestalt está referenciado em entender que:
 A) O todo compõe a parte.
 B) O todo e a parte são estudados isoladamente.
 C) O estudo da parte pouco importa para o todo.
 D) A parte compõe o todo.
 E) O fechamento, simetria e regularidade são indiferentes para o estudo do todo.
ITEM 64
Para a gestalt, ocorre aprendizagem no momento em que o sujeito estabelece uma relação entre um meio e um fim. Chama-se essa relação de:
A) Insight
B) Condicionamento
C) Maturação
D) Facilitação
GABARITO
1) A
2) C
3) B
4) A
5) B
6) D
7) A
8) A
9) D
10) B
11) D
12) D
13) E
14) B
15) E
16) E
17) D
18) B
19) A
20) B
21) A
22) B
23) D
24) A
25) A
26) B
27) B
28) D
29) A
30) C
31) A
32) B
33) B
34) A
35) B
36) A
37) B
38) E
39) E
40) B
41) D
42) E
43) E
44) D
45) D
46) D
47) B
48) E
49) A
50) A
51) E
52) C
53) A
54) D
55) A
56) B
57) B
58) D
59) Errado
60) Certo
61) A
62) D
63) D
64) A

Para baixar o material acesse aqui. Está em formato word para você editar da forma que quiser.

Compartilhar no WhatsApp